NITTEC 1 NITTEC 2

Notícias

Lei de PI precisa ser atualizada para ampliar proteção ao conhecimento no Brasil

Segundo especialistas, marco regulatório deve estimular, e não dificultar, o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias. Leia na primeira, de três reportagens, do especial da Agência CNI de Notícias sobre os 20 anos da LPI.

UFMG lança edital para Doutorado em Inovação

Do dia 16 de maio a 17 de junho os interessados poderão se inscrever no Programa de Doutorado em Inovação Tecnológica e Biofarmacêutica do Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Ciências Exatas e Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O processo seletivo contará com uma análise de currículos e a apresentação de um seminário para a banca examinadora.

Este é o primeiro edital do curso, que contará com duas áreas de concentração: Inovação Biofarmacêutica e Biotecnológica e Gestão da Inovação, Propriedade Intelectual e Empreendedorismo. No total, serão ofertadas 15 vagas. A seleção dos candidatos acontecerá no período de 29 de junho a 01 de julho.

Veículos sem motorista vão evoluir com software livre

Neste fim de semana - dias 28 e 29 de Maio - uma competição promete colocar na estrada os mais avançados conceitos de carros e caminhões autônomos - sem motorista - produzidos por universidades e fabricantes da Europa.

O Grande Desafio de Condução Cooperativa (GCDC, na sigla em inglês) é um misto de demonstração e competição das tecnologias de autocondução, comunicações veículo a veículo e comunicação veículo a infraestrutura.

Dez equipes demonstrarão seus últimos avanços e competirão entre si em um campus automotivo localizado na rodovia A270, entre as cidades holandesas de Helmond e Eindhoven.

Em 20 anos, Brasil vai da estaca zero ao estado da arte em luz síncrotron

LNLS comemora duas décadas da primeira volta de elétrons no acelerador construído para ser a primeira fonte de luz síncrotron. Projeto Sirius, que deve ser concluído em 2018, coloca o Brasil na liderança mundial.

Há 20 anos, uma equipe de físicos, engenheiros e pesquisadores brasileiros acompanhava a primeira volta de elétrons no acelerador construído para ser a primeira fonte de luz síncrotron do país. A ousadia colocou o Brasil na era da Big Science.