Campus Barbacena aprova 03 projetos no Concurso Pró-Inovação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia

O Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais – Campus Barbacena – aprovou 03 projetos no Concurso Pró-inovação dos Institutos Federais. A iniciativa do edital tem o objetivo de incentivar a promoção da inovação tecnológica no país, valorizando a pesquisa desenvolvida em todas as áreas do conhecimento dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, com o intuito de apoiar sua transferência para o setor produtivo, para que ocorra o desenvolvimento tecnológico da indústria nacional. As propostas aprovadas foram para registro de patente e direitos autorais.
Os projetos são da área de Psicologia, tendo como autores os servidores Cheilon Caldeira Camargo, Ronaldo Alves Marques Junior e Robson Helen da Silva, e outros dois na Zootecnia, de autoria de Robson Helen da Silva, Ronaldo Alves Marques Junior, Wellyngton Tadeu Vilela Carvalho e Cheilon Caldeira Camargo.
A avaliação das propostas observou o grau de inovação da tecnologia, produto e/ou processo, bem como o estágio de desenvolvimento e o potencial de mercado. O recurso disponibilizado para a premiação das propostas selecionadas é de R$ 130.000,00 (cento e trinta mil reais), valor que será rateado entre todas as propostas aprovadas.
O Concurso foi criado pelo Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/UnB), apoiado pelo Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC/MEC).
A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação, professora Maria Elizabeth Rodrigues, destacou a importância do resultado do concurso para o Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais. “Enfatizamos como meta de nosso trabalho neste ano de 2010, o incentivo ao desenvolvimento da pesquisa e inovação e já estamos colhendo os frutos. O Campus Barbacena está de parabéns por responder muito bem aos nossos apelos para o envolvimento nessas atividades, que configuram uma das missões da nossa instituição”, afirma. Das quinze propostas de patente, protótipo e direitos autorais, três ficaram no nosso instituto. “Isso é muito relevante”, completa.
Os vencedores do Concurso têm até 180 dias para a entrega dos produtos finais.
Fonte: Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação com informações de Bianca Alvim –

Comunicação do Campus Barbacena